Bazuca ou Vitamina: o futuro é agora2021-04-07T13:58:18+00:00

Project Description

Bazuca ou Vitamina: o futuro é agora

7 Abril, 2021

.

António Cunha Pereira, CEO da Ecoinside, abordou o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), mais conhecido como “Bazuca”, e, mais recentemente re-apelidado de “Vitamina”, explorando o perigo de as empresas adiarem investimentos por aguardarem pelos novos fundos europeus, ao invés de apostarem na utilização daqueles que ainda se encontram disponíveis.

Acontece que, apesar de Bruxelas afirmar que os fundos europeus tão esperados, em especial neste momento tão desafiante para as empresas, poderão chegar a Portugal mesmo antes do verão, caso se agilizem processos estima-se que a “Bazuca” comece a ser utilizada pelas empresas apenas no segundo semestre de 2022, mais ou menos daqui a um ano e meio, portanto.

Se, por um lado, será importante que os processos sejam agilizados, de modo a que as empresas possam recorrer a estes fundos, parece-me ainda de maior importância que os empresários não deixem de utilizar as verbas que estão ainda disponíveis. Este é o caso dos fundos comunitários do Portugal 2020, que dispõe ainda de mais de 11 mil milhões de euros para investimentos; ou de fundos privados, como é o caso daquele de que dispõe a Ecoinside para possibilitar que as empresas interessadas possam apostar na instalação de centrais solares fotovoltaicas e na transição energética a custo zero – são 15 milhões de euros, que quase não foram ainda utilizados.

Pode consultar a versão integral do artigo de opinião aqui.