Podcasts: a tendência que veio para ficar2021-07-05T16:17:20+00:00

Project Description

Podcasts: a tendência que veio para ficar

5 Julho, 2021

.

Comida, história, humor, crimes reais, astronomia, saúde e, em boa verdade, tudo o que possa imaginar pode ser um bom mote para criar um podcast.

E, se é verdade, que os podcasts existem há já duas décadas, também é um facto que nunca estiveram em voga como agora e são os números que o comprovam. Até abril de 2021 já se contabilizavam mais de 2 milhões de podcasts, mundialmente, que se traduzem em cerca de 48 milhões de episódios.

No caso específico de Portugal o crescimento da tendência também está à vista, desde logo, basta uma curta pesquisa pelos websites dos meios de comunicação mais proeminentes no país para notarmos que a larga maioria destes incorporaram já uma secção destinada aos podcasts por eles produzidos.

Mais curtos ou mais extensos, a verdade é que os podcasts são uma tendência que veio para ficar e, por isso, se está a pensar em criar um podcast ou, até, em promover a sua marca num, há alguns factos que deve conhecer.

Num mar cheio de peixes, vai ter de se esforçar para sobressair

Perante um cenário tão diverso de podcasts com diferentes temáticas, convidados, durações e estruturas, para ter sucesso, vai ter de se esforçar para sobressair.

Por isso mesmo, invista tempo na definição do conceito que pretende levar avante, construa uma marca sólida, com um jingle que seja atrativo e que ligue com a imagem que pretende transmitir e deixe-se levar numa conversa que se revele profícua e prazerosa para si e para os seus ouvintes.

O foco está nos jovens

Conhecer o público que está mais desperto e mais consome este formato é, também, fundamental.

Desde logo, no caso de pretender que a sua marca seja integrada num podcast precisa de saber se isso poderá ser vantajoso para si, ou seja, se o público desta plataforma será aquele que pretende impactar.

Por isso mesmo, importa saber que quase metade dos ouvintes de podcasts se inserem na faixa etária dos 12 aos 34 anos e que se caracterizam por serem educados, leais e de uma classe económica mais elevada.

Há que ser fácil de encontrar

Se já criou uma marca própria ou soube inserir-se num programa que espelha bem os valores da sua marca e, também, está a dirigir-se a um público que lhe é estratégico, falta só fazer-se encontrar.

Assim, anote as três principais plataformas em que deve estar presente, se pretender ser encontrado com facilidade:

1 - Apple Podcasts

2 - Spotify

3 - Google Podcasts